Visitando o palácio Belvedere

Este palácio não é apenas um dos pontos turísticos mais famosos de Viena, mas, também, uma das construções históricas mais linda da cidade. Além disso, guarda um acervo de obras de pintores renomados, como Klimt.

História


O palácio Belvedere (Schloss Belvedere) fica localizado no 3º distrito e foi residência do príncipe Eugênio de Saboia. A construção da parte inferior foi concluída em 1716 e da parte superior 1723. Ambas foram construídas pelo arquiteto Johann Lukas von Hildebrandt com a assistência do escultor Giovanni Stanetti. Também, foi residência do arquiduque Franz Ferdinand, seu último morador.

O Tratado do Estado da Áustria, que constituiu a Áustria Moderna, foi assinado em 1955 no Salão de Mármore do palácio.

O que ver

Os jardins do castelo, principalmente na primavera e verão, são muito lindos e bem conservados. Além disso, contam com belas esculturas.

Dentro do castelo, você encontrará obras de arte de Gustav Klimt, Van Gogh, Monet, Degas, entre outros. Entre as obras de Klimt, estão “O beijo” e “Judith”. Os detalhes de cada parte do interior do castelo também são impressionantes.

Recomendamos separar umas 3 horas, caso visite a parte superior e inferior e os jardins do palácio.

 

Como chegar

A melhor forma de chegar é usando o bonde D (Strassenbahn D). Você pode ir até a estação de metrô da Karlzplatz, sair da estação pela Opernring e pegá-lo na frente da Ópera de Viena.

 

Preço

Os tickets para adultos custam a partir de 14 euros.

Para mais informações: https://www.belvedere.at/en

-

 ©2019 Brazil Network 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now